Blog DL
ALUGUEL 16/03/2020

Morar sozinho ou dividir Moradia?

Desmistificando o conceito de república

Muitas pessoas associam o termo “república” a moradias desorganizadas e com muitas pessoas. No entanto, queremos desmistificar essa ideia logo no início do texto. Quando falamos em república estudantil, partimos da ideia de uma moradia compartilhada.

Isso pode acontecer de diversas formas, como a divisão de um apartamento entre três ou quatro colegas. Além disso, em universidades do interior, é comum encontrar casas com vários quartos que acomodam um maior número de pessoas.

Essa é uma maneira que o estudante encontra de viver com qualidade e bom custo-benefício, já que todas as contas são divididas entre os moradores. Separamos algumas maneiras de escolher o melhor lugar para morar nesse período de mudanças.

Como escolher o imóvel para morar

Na hora de se mudar, você encontrará duas situações: a possibilidade de entrar em uma república que já existe ou criar a sua própria. Em cidades universitárias, principalmente no interior, a cultura de repúblicas é bastante forte. Ou seja, existem casos de repúblicas que existem há décadas, apenas mudando os seus moradores.

Outra opção muito escolhida é criar a sua própria. Quando falamos em república estudantil, a primeira ideia que vem à mente é de uma grande casa, com muitos moradores. Entretanto, é possível escolher um apartamento e dividir apenas com algumas pessoas ou morar em uma casa menor.

Inclusive, esse é o ambiente ideal para quem prefere uma rotina mais tranquila e com menos agitação. Independentemente do formato, é importante conhecer os seus futuros flatmates antes da mudança. Assim, será possível analisar se vocês possuem os mesmos objetivos e perfil.

Como escolher onde morar

Além dessa primeira escolha em relação à criação de uma nova república ou mudar-se para uma já existe, existem alguns fatores importantes antes de fechar o contrato da república para morar.

Existe a república feminina, a masculina ou a mista, e optar por uma delas é muito importante na hora de escolher o seu novo lar. Conversar com as pessoas pela internet e conferir a localização são pontos essenciais, mas é imprescindível conhecer o local pessoalmente.

Na oportunidade, aproveite para perguntar sobre regras de convivência e as limitações impostas, como proibição de festas durante a semana, por exemplo. Outro ponto que deve ser levado em consideração é o quarto: ele será individual ou compartilhado? Isso faz diferença no orçamento e também na rotina.

A localização é crucial

Encontrar opções perto das universidades é uma boa escolha, já que será possível economizar no transporte. Assim, você também consegue ter uma rotina mais funcional, já que não precisará gastar horas no trânsito diariamente.

Não deixe de observar a infraestrutura do bairro: se tem fácil acesso ao transporte público e se conta com supermercados, hospitais e farmácias próximos. Isso fará a diferença no seu dia a dia, pode ter certeza!

Vantagens de dividir um imóvel

Existem diversas vantagens para quem escolhe dividir apartamento ou casa. Mesmo assim, muitos ainda ficam em dúvida entre dividir um local com outras pessoas ou morar sozinho. Separamos alguns pontos que podem ajudar nessa escolha.

Custos reduzidos

Essa é uma das principais razões que levam os estudantes a escolherem uma república. Como os custos são divididos entre todos os moradores, as despesas acabam sendo menores no final do mês. Já quem mora sozinho precisa arcar com todos os custos individualmente.

Mesmo quem escolhe casas e apartamentos maiores, acaba saindo com vantagem quando divide o imóvel com mais moradores. E como esse período é recheado de gastos com os estudos, economizar na moradia é sempre bom, certo?

Fazer novas amizades

Quem precisa se mudar normalmente está indo para um local distante da sua cidade natal. E, em muitos casos, isso significa não conhecer pessoas ou ter amigos nessa nova cidade.

Muitos se perguntam: como é dividir apartamento? Um ponto que pode ser destacado é ter amigos para todos os momentos. Vocês passarão por dificuldades e adversidades juntos durante essa caminhada e, ao morar em uma república, você faz amizades para toda a vida!

Amadurecimento pessoal

A experiência de dividir a casa com outras pessoas que foram criadas de uma maneira diferente da sua e assumir responsabilidades é essencial para o amadurecimento. Dessa forma, as pessoas se tornam mais flexíveis, pois saem da zona de conforto e aprendem a encarar novas situações.

Evite conflitos

Não importa com quem você irá dividir aluguel: conviver com uma variedade de pessoas pode ser um desafio e é importante que todos trabalhem para evitar conflitos. Por isso, ter algumas regras de convivência é essencial para que todos estejam alinhados e dividir apartamento ou casa seja uma boa experiência.

Por exemplo, se você compartilha o quarto, não estude de madrugada enquanto o seu colega tenta dormir; procure um lugar da casa que seja mais adequado. Além disso, fazer uma tabela definindo quem será responsável pela limpeza de cada cômodo e por tirar o lixo é fundamental e ajuda manter a organização.

Seguir o pensamento “limpou, lavou” também fará uma grande diferença na rotina da casa. Pontos como o respeito são indispensáveis: respeite os itens alheios, os horários de cada morador e a forma de se relacionar de cada um.

Nem todo mundo teve a mesma criação que você, e é possível aprender muito com as outras pessoas se você estiver aberto a isso.


Fonte: Lockey

Fale Conosco
PRAÇA GERALDO DA SILVA MAIA, 159

(35) 3529-8055

Visite nosso site